Ano Novo na Times Square

17 Jan 2014

Passar o ano novo na Times Square dá a impressão de ser algo glamouroso, mas na verdade não é nada disso.

Antes de decidir ir dei uma pesquisada rápida para ter uma ideia de como seria, mas nenhum blog relatou a pura realidade, e talvez eu também não consiga passar isso para vocês.

20140117-212743.jpg

Sai de Virginia pela manhã do dia 31 e fui de ônibus até New York. Foram quatro horas de viagem até lá. Fiz um almoço reforçado no Olive Garden e de lá fui para o hotel deixar as coisas. Ia dividir quarto com uma amiga e só um dia antes ficamos sabendo que na verdade ela ia ficar num hostel e não hotel e por isso eu não poderia dividir o quarto com ela. Então levei a sorte de conseguir um quarto no Hotel Riviera [hotel simples mas limpinho] por um preço bacana em Newark/NJ. Da Times Square até o hotel foram 40 min. de metrô, e na virada ninguém pagou passagem. Coisa boa né?

Chegamos na Times Square por volta das 16h30 e fomos tentar encontrar a entrada, caminhamos muito até conseguirmos. Cada quadra era fechada e de vez em quando os policiais abriam para avançarmos para mais perto da quadra onde a famosa bola fica. Esses foram os piores momentos, pensa numa multidão, todo mundo muito perto sem espaço para se mover direito, e quando avançavam era empurrão para todos os lados que juro que se alguém caísse seria pisoteado. Foi assustador.

Por volta das 20h chegamos até a 50st que fica à cinco quarteirões de onde fica a bola. Pensamos que logo avançaríamos mais um pouco mas nos enganamos, foi ali onde passamos a noite inteira.

Durante o dia estava um frio gostoso. Estava adorando sentir o frio no rosto e nem estava usando luvas. Anoiteceu por volta das 17h e então começou a esfriar mais. A partir do momento que chegamos até à 50st, não caminhamos mais e frio começou a castigar. Tentava me animar com as músicas, dançando e pulando para esquentar, mas logo isso não era suficiente. Levei uns produtos que esquenta, mas não me esquentaram tanto também. O frio doía, o humor já não estava mais ali e contava os minutos para que desse logo meia-noite para acabar logo e poder ir embora.

Fizemos a contagem regressiva, a bola caiu lá longe, ficamos ali um pouco olhando e desejando que pelo menos alguns confetes tivessem caído onde estávamos, mas nada.

No caminho para o metrô os pés doíam demais por causa do frio. Parei na rua, comecei a chorar de dor, policiais vieram com aqueles produtos para esquentar, coloquei nós pés e então depois continuei meu caminho até o metrô. Lá dentro estava quente e me recuperei rápido.

Não gosto de fazer uma postagem negativa assim, mas é a realidade e não escondo de ninguém. Que fique como dica para aqueles que sonham em passar ano novo na Times Square. Foi legal por estar no coração do mundo e quando vi notícias na TV e jornais pensar que eu estava lá. Mas é algo que nunca mais vou fazer e não recomendo para niguém. Foi um dia longo, comendo só snacks, bebendo pouca água [não dava pra sair do lugar pra ir ao banheiro], muito frio e ainda de pé o tempo todo.

Fiquei no dia primeiro em NY para visitar lugares e definitivamente foi o que fez a viagem valer a pena. Talvez eu faça uma postagem sobre esse passeio aqui no blog, o que acham?

Como foi seu ano novo?

TALVEZ GOSTE DISSO:

2 Comentários

  1. Marly | 18 de Janeiro de 2014

    Oi, Sam,

    Adorei a sua honestidade, ninguém gosta de relatar este tipo de coisa, mas eu acho isso muito necessário! O meu réveillon foi ótimo, juntamente com a minha família, rsrs.

    Beijoca!

    • Samandra | 19 de Janeiro de 2014

      Tem gente que não fala, não sei se é pra não ser negativa ou se é pra que as pessoas achem que foi maravilhoso e tenham inveja, haha. Foi horrível e não escondo! Achei que seria o melhor ano novo da minha vida mas foi o pior, de verdade! Ficava lá imaginando minha família e amigos no Brasil com o calor e uma ceia gostosa. E eu com frio e fome a noite inteira. Haha!

Deixe seu comentário

NOME
EMAIL (não será publicado)
SITE/BLOG
COMENTÁRIO