Happy Customer’s Mail

01 Out 2015

I love to hear from people that have the books I make what they think about it. Recently I received a lovely email from Steve P. from Kansas, who bought The Secret Diary to his wife. I’ll share with you a little piece of the email he sent me.

Adoro ouvir o que as pessoas que compraram meus livros acharam. Recentemente recebi um email bem querido de Steve P. de Kansas, que comprou O Diário Secreto para a esposa dele. Vou compartilhar com vocês um pedacinho do email que ele me enviou.

secretdiary

“Someday, that journal you made will come out of its hiding place from between writings and will reveal its secrets. In today’s world of throw away everything, you are creating a container of thoughts worthy of lasting forever.”

Beautiful, uh?! I love to hear what you have to say, so feel free to send me an email, tag on Instagram and also use the hashtags #kandismade, #travellybooks and #bookinhandseries.

“Algum dia, aquele journal que você fez vai sair de seu esconderijo de entre os escritos e irá revelar seus segredos. No mundo de hoje que tudo se joga fora, você está criando um recipiente de pensamentos dignos de durar para sempre.”

Bonito né?! Sempre gosto de ouvir o que você tem para dizer, então sinta-se a vontade para me enviar um email, me marcar no Instagram e também usar as hashtags #kandismade, #travellybooks e #bookinhandseries

TALVEZ GOSTE DISSO:

Coptic Leather Book ~ Giveaway

22 Set 2015

This coptic leather bound book is one of my favorites at the shop. Coptic is an ancient stitch created by the Egyptians centuries ago. This journal is great to keep notes, make lists, or even to draw wherever you go. It’s size is perfect to carry with you in your bag as it’s in your pocket.

Esse journal em costura copta é um dos meus favoritos na loja. Copta é uma costura antiga criada pelos egípcios séculos atrás. Esse journal será ótimo para você anotar seus pensamentos, fazer listas, ou desenhar onde quer que vá. O tamanho é ótimo para levar na bolsa ou até mesmo no bolso.

merel_giveaway_2 merel_giveaway_3 merel_giveaway

I’ve partnered with the blogger Merel van Poorten from Netherlands to giveaway this journal (value of $42). To enter, follow my page on Instagram and tag a friend who you think would also like to win this journal. The winner will be chosen on September 24th!

>> You can also enjoy 25% off in any purchase with the code THOUSANDWORDS through September 26th.

Fiz parceria com a blogueira Merel van Poorten da Holanda para sortear esse journal (valor de R$177). Para participar, siga minha página no Instagram e tag um amigo que você acha que gostaria de ganhar esse journal. O resultado do sorteio será divulgado no dia 24 de Setembro, então corre!

>> Se não quiser contar com a sorte, aproveite 25% de desconto em qualquer compra na loja com o código THOUSANDWORDS até o dia 26 de Setembro.

TALVEZ GOSTE DISSO:

The Uncut Book

30 Abr 2015

In the earlier days of book making, books were printed on large sheets of paper, with eight or more pages being printed on the same sheet. The sheet was folded, forming one signature. The signatures were stacked in order and then sewn together. The pages were trimmed, the book was covered and it was ready to be sold.

Occasionally, the fore edge of a book was not trimmed properly and the pages weren’t cut apart. It was commom reading a book having a paperknife (a variation of a letter opener) within reach, and the reader would anxiously expose each page cutting it apart, to continue reading. It was a pleasure for them to do so.

Nos tempos antigos de fazer livros, livros eram impressos em folhas grandes de papel, com oito ou mais páginas impressas nessa mesma folha. A folha era dobrada, formando um caderno. Os cadernos eram colocados um sobre o outro e então costurados juntos. As páginas eram refiladas, recebia a capa e estava pronto para ser vendido.

Algumas vezes, a lateral do livro não era refilado apropriadamente e as páginas não eram cortadas umas das outras. Era comum ler um livro tendo uma ‘paperknife’ (variante de abridor de cartas) ao alcance, e o leitor iria ansiosamente expor cada página cortando-as para continuar lendo. Era um prazer fazer isso.

IMG_3259_blog

Some people had no idea that in the 1900’s this was a common practice, since modern books are made with pages glued together (no longer made in the signature’s way). They would even return a book thinking that it was flawed, wondering “how could you sell me an uncut book?!”.

If you find an old uncut book, that means the book was never read, and that you will be the lucky one to awaken it. You will be the one to give it life, and reveal it’s unseen words. You’re allowing the book to fulfill its purpose. There is beauty in the romantic awaking of being the first to open a book.

Muitos não tem ideia que nos anos 1900 essa era uma prática comum, já que os livros modernos são feitos com páginas coladas juntas (não mais no modo de cadernos). As pessoas poderiam até devolver um livro pensando que aquilo é defeito, pensando “como puderam me vender um livro com as páginas não cortadas?!.

Se você encontrar um livro antigo que não tenham as páginas cortadas, esteja certo de que esse livro nunca foi lido, e que você vai ser o sortudo para acordá-lo. Você será quem dará ao livro vida, e revelar suas palavras ainda não lidas. Você estará permitindo o livro cumprir com seu propósito. Há beleza no romântico ato de ser o primeiro para abrir um livro.

IMG_3505_blog

Italo Calvino in his book “If on a Winter’s Night a Traveler”, describes how it was reading an uncut book: “This volume’s pages are uncut: a first obstacle opposing your impatience. Armed with a good paper knife, you prepare to penetrate its secrets. With a determined slash you cut your way between the title page and the beginning of the first chapter.”

Italo Calvino em seu livro “If on a Winter’s Night a Traveler”, descreve como era ler um livro com páginas não cortadas: “Esse volume de páginas não são cortadas: um primeiro obstáculo para sua impaciência. Armado com um bom abridor de cartas, você prepara para penetrar seus segredos. Com um determinado golpe você corta seu caminho entre a página do título e o começo do primeiro capítulo.”

IMG_3498_blog

To cut a book, you may use a letter opener or knife. Hold the book with one hand, while the other hand work slowly and evenly with the letter opener to cut the pages.

Para abrir um livro, você pode usar um abridor de cartas ou faca. Segure o livro com uma mão, enquanto a outra mão trabalha devagar e constante com o abridor de cartas para cortar as páginas.

IMG_3309_blog

A few of the books we make are made similarly. Using primitive binding structures and uncut pages, giving you the opportunity to revisit ancient times through personally exposing the blank pages of your new book, giving it life with what you put inside.

Visit our Etsy shop to get your Uncut Book.

Alguns dos livros que fazemos são feitos como esses. Usando estruturas de encadernação antigas e páginas não cortadas, dando assim a oportunidade de você reviver os tempos antigos expondo-se às páginas em branco do seu livro preenchendo com o que você quiser nele.

Visite nossa loja no Etsy para comprar seu Uncut Book.

TALVEZ GOSTE DISSO:

Journal em Couro: Rosa & Cinza

25 Fev 2013

Ok, eu sei que essa categoria ‘meus trabalhos‘ está bem desatualizada aqui no blog. De fato, é isso (e outras coisinhas que logo vocês saberão) que tem me deixado ocupada últimamente, bastante trabalho por aqui… Reparei também que essa categoria é uma das mais visitadas, e por isso atualizarei mais vezes. Para que as postagens não fiquem tão exaustivas vou atualizando aos poucos.

Vão me dizendo o que acham, combinado?!

{Journal em Couro Nude}
{Journal em Couro Cinza}

Estou planejando uma promoção para esses próximos dias na loja, será exclusiva para quem assinar a newsletter. Assina lá para receber as novidades! Prometo que não encherei sua caixa de emails, costumo enviar menos do que uma por mês. Nos acompanhe também pela nossa página no Facebook e Twitter.

TALVEZ GOSTE DISSO:

Sketchbook em Couro

31 Out 2012

Temos novidade por aqui!!! Estou apaixonada por esse sketchbook em couro que fiz recentemente! Logo que vi esse couro amarelo, imaginei que ficaria um lindo caderno com ele. Couro é tudo de bom né? Maleável, resistente (até na chuva!!) e maior charme!

Detalhes: Sketchbook em couro legitímo, papel cortado à mão, costurado com a técnica Longstitch e fechamento com tira de couro. Medindo aproximadamente 13×13 cm, seu tamanho é ótimo para carregar aonde você for. São 70 páginas em papel pólen 90g, que tem a cor levemente amarelada, ótimo para escrever e desenhar.

Em breve trarei mais modelos e cores de sketchbooks em couro que já estão esperando aqui.

Quer um desse? Visite a lojinha e compre o seu!

TALVEZ GOSTE DISSO: